Gola Lateralus

Print Friendly

Criação Juliana Gaiolli Serrano

>> Veja também: receita do Gorro Lateralus

>> Favorite essa receita no Ravelry

 

Gorro e gola Lateralus, criação de Juliana Serrano.

Gorro e gola Lateralus, criação de Juliana Serrano.

Receitas_Ju_Juliana

Clique na imagem para ampliar

Material
Fio: 1 meada de Da Fazenda Sock Superwash (Da Fazenda. 100% lã Ideal superwash. 100gr. 380m) A cor utilizada neste trabalho foi a 208.

>> Conheça a nossa loja virtual
Agulha: 2,00 mm circular de 80cm.
Acessórios: 2 marcadores de ponto, 6 botões, agulha de tapeçaria, linha e agulha para pregar os botões.

Amostra

Tecida em carreira de idas e voltas e blocada:

Barra 2×2: 20 pontos x 35 carreiras = 10cm

Uma faixa com trança 4×4 (conforme explicado mais adiante) – 3,5cm de largura.

Observações

Essa gola é feita com as mesmas voltas, semicírculos, que compõem a espiral do gorro, porém o efeito é bem diferente. O normal, em golas, é tricotá-las como um grande retângulo, juntando as pontas, ou circularmente de baixo para cima. No nosso caso, vamos tricotar a gola como uma faixa que sobe e desce, sobe e desce, continuamente até que tenhamos o tamanho desejado.

Esquema

Pense em um fio, a forma como você o dobra para guardá-lo: sobe, vira, desce, vira, sobe, vira, desce. Não se preocupe se você não entendeu direito a construção, parece muito mais difícil quando explicamos, mas, ao fazer, tudo fica claro.

gola-esquema

Clique na imagem para ampliar

 

Tamanho
A gola tem 29 cm de altura e 70 cm de largura. Para ajustar a altura dela, você fará menos carreiras até os semicírculos. Para ajustar a largura, você fará menos “faixas” ou as tricotará com menos pontos.

clique na imagem para ampliar.

clique na imagem para ampliar.

Abreviações
a – aumentos feitos com laçada torcida
t – Trança
A trança é feita, sempre, com 3×3 pontos. Ela é virada 4 vezes. Como o gorro, ela é composta de dois “tubos” que se cruzam. Os “tubos” são os pontos em jérsei e eles são sempre separados por um ponto tricô na frente e meia no verso (como os pontos de borda) que, mesmo no meio da trança, nunca é trançado. Por isso, quando você for trançar, é pedido que você tenha 2 agulhas auxiliares. Na primeira, escorregue os pontos que irão trançar, e os coloque para trás do tricô. Na segunda, você coloca o ponto de separação. Você tricota, em meia, os pontos da trança que estavam na agulha esquerda e, depois, o ponto de separação e, em seguida, os pontos da primeira agulha auxiliar. Dessa forma, você trança os pontos dos “tubos”, mas o ponto do meio permanece no lugar.

 

GLOSSÁRIO

m / t – meia e tricô.
ms – mate simples
md – mate duplo
mdc – mate duplo central
2pjm – 2 pontos juntos em meia
2pjt – 2 pontos juntos em tricô
arr. – arremate
pto. – ponto
pts. – pontos
a1 – aumente 1
ae – aumento à esquerda
ad – aumento à direita
mft = meia frente e trás
tft = trico frente e trás
mtorc / ttorc = meia torcido/tricô torcido.
lçtorc – laçada torcida (bl em ingês)
mb – meia no ponto de baixo
cm – colocar marcador
pm – passar marcador
1psfm – 1 ponto sem fazer em meia (sl st em inglês)
2tmd = 2 pontos torcidos em meia e inclinados para a direita: Tricotar o segundo ponto da agulha esquerda em meia. Em seguida tricotar também em meia o primeiro ponto da agulha esquerda e então transferir os dois para a agulha direita.
2F/2m – coloque 2 pontos à espera numa agulha auxiliar à frente do trabalho, 2m, trabalhe os dois pontos da agulha auxiliar em meia
2F/1t – coloque 2 pontos à espera numa agulha auxiliar à frente do trabalho, 1t, trabalhe os dois pontos da agulha auxiliar em meia
1A/2m – coloque 1 ponto à espera numa agulha auxiliar à frente do trabalho, 2m, trabalhe o ponto da agulha auxiliar em tricô

 

 

Observações
Como o gorro, você “grudará” uma faixa na outra levantando pontos da anterior e fazendo com o último/primeiro das carreiras. Perceba que, quando você faz na primeira vez o ponto é normal. Na segunda, esses “grudados” são torcidos. E assim deverá ser até o fim, alternadamente.

Execução
Monte 2 pontos. Em carreiras de idas e voltas, faça:
Dir.: 2t. Vire.
Av.: 1m, a1, 1m. Vire.
carr. 3: 2t, a1, 1t. Vire.
carr. 4: 2m, a1, 2t. Vire.
carr. 5: 2m, a1, 3t. Vire.
carr. 6: 3m, a1, 2t, 1m. Vire.
carr. 7: 1t, a1, 3m, 3t. Vire.
carr. 8: 3m, 3t, 1m, a1, 1t. Vire.
carr. 9: 2m, a1, 1t, 3m, 3t. Vire.
carr. 10: 3m, 3t, 1m, a1, 2t, 1m. Vire.
carr. 11: 1t, a1, 3m, 1t, 3m, 3t. Vire.
carr. 12: 3m, 3t, 1m, 3t, a1, 2m. Vire.
Aqui encerramos os aumentos.
carr. 13: 3t, 3m, 1t, 3m, 3t. Vire.
carr. 14.: 3m, 3t, 1m, 3t, 3m. Vire.
carr. 15: 3t, 3m, 1t, 3m, 3t. Vire.

PRIMEIRA SESSÃO DE CARREIRAS ENCURTADAS – primeiro semicírculo.
Av.: 3m, 3t, 1m, 3t, 2m. Vire (deixe 1 ponto à espera).
Dir.: Lç, 2t, 3m, 1t, 3m, 3t. Vire.
carr. 3: 3m, 3t, 1m, 3t, 1m. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 4: Lç, t, 3m, 1t, 3m, 3t. Vire.
carr. 5: 3m, 3t, 1m, 3t. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 6: Lç, 3m, 1t, 3m, 3t. Vire.
carr. 7: 3m, 3t, 1m, 2t. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 8: Lç, 2m, 1t, 3m, 3t. Vire.
carr. 9: 3m, 3t, 1m, 1t. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 10: Lç, 1m, 1t, 3m, 3t. Vire.
carr. 11: 3m, 3t, 1m. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 12: Lç, 1t, 3m, 3t. Vire.
carr. 13: 3m, 3t. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 14: Lç, 3m, 3t. Vire.
carr. 15: 3m, 2t. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 16: Lç, 2m, 3t. Vire.
carr. 17: 3m, 1t. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 18: Lç, 1m, 3t. Vire.
carr. 19: 3m. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 20: Lç, 3t. Vire.
carr. 21: 2m. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 22: Lç, 2t. Vire.
carr. 23: 1m. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 24: Lç, 1t. Vire.
carr. 25: 1m. Vire.
Carreira de junção – 3pjt (lç + pto + primeiro ponto levantado da lateral do pedacinho que você acabou de tricotar), 2x (2pjt), 2x (2pjm), 3x (2pjt), 3x (2pjm ), 3x (2pjm).

As 14 próximas carreiras serão tricotadas com o primeiro ponto do direito e o último do avesso juntos com 2 pontos levantados da gola, conforme desenho acima. Depois dessas carreiras, tricote o restante da faixa inteira sem essa preocupação.

Faça o ponto da trança, que será repetido por toda a gola:
Dir.: tç. Vire.
Av.: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 3: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 4: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 5: tç. Vire.
carr. 6: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 7: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 8: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 9: tç. Vire.
carr. 10: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 11: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 12: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 13: tç. Vire.
carr. 14: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 15: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 16: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 17: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 18: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 19: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 20: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 21: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 22: acompanhando os pontos. Vire.

Repita a sequência acima 3 vezes. Repita da carreira 1 até a carreira 16 mais uma vez. Aqui, foi atingida a altura da gola.

SEGUNDA SESSÃO DE CARREIRAS ENCURTADAS – segundo semicírculo.
Dir.: 3t, 3m, 1t, 3m, 2t. Vire (deixe 1 ponto à espera).
Av.: Lç, 2m, 3t, 1m, 3t, 3m. Vire.
carr. 3: 3t, 3m, 1t, 3m, 1t. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 4: Lç, 1m, 3t, 1m 3t, 3m. Vire.
carr. 5: 3t, 3m, 1t, 3m. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 6: Lç, 3t, 1m, 3t, 3m. Vire.
carr. 7: 3t, 3m, 1t, 2m. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 8: Lç, 2t, 1m, 3t, 3m Vire.
carr. 9: 3t, 3m, 1t, 1m. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 10: Lç, 1t, 1m, 3t, 3m. Vire.
carr. 11: 3t, 3m, 1t. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 12: Lç, 1m, 3t, 3m. Vire.
carr. 13: 3t, 3m. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 14: Lç, 3t, 3m. Vire.
carr. 15: 3t, 2m. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 16: Lç, 2t, 3m. Vire.
carr. 17: 3t, 1m. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 18: Lç, 1t, 3m. Vire.
carr. 19: 3t. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 20: Lç, 3m. Vire.
carr. 21: 2t. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 22: Lç, 2m. Vire.
carr. 23: 1t. Vire (deixe mais 1 ponto à espera).
carr. 24: Lç, 1m. Vire.
carr. 25: 1t. Vire.
Carreira de junção – 1t, 2x (2pjt) , 3x (2pjm), 2pjt, 3x (2pjm), 2x (2pjt ), 3pjt (lç +pto + pto levantado da faixa acabada de tricotar).

Vamos, agora, começar a segunda faixa. Ela será feita sempre com o último ponto das carreiras do direito e o primeiro das carreiras do avesso junto com um ponto levantado da extremidade da faixa anterior. Levante sempre o nó do ponto e a alça também.

Dir: 3t, 3m, 1t, 3m, 2t, 2pjt (ponto normal mais ponto levantado). Vire.
Av.: 2pjm (pto + pto levantado), 2m, 3t, 1m, 3t, 3m. Vire.

Repita a sequência acima 8 vezes.
Faça o ponto de trança 3 vezes.
Repita a sequência acima mais 8 vezes.

Nesse momento você deve atingir a extremidade do primeiro semicírculo que você fez. Faça a terceira sessão de carreiras encurtadas, igualmente à primeira. Não levante mais os pontos da primeira faixa na sessão de carreiras encurtadas.

Carreira de junção – 1m, 2x(2pjm), 3x(2pjt), 2pjm, 3x(2pjt), 2x (2pjm), 3pjmt (lç + pto + primeiro ponto levantado da lateral da faixa que você acabou de tricotar).

Faça o ponto de trança até alcançar a próxima extremidade. Quando isso acontecer, faça mais um semicírculo com carreiras encurtadas igualmente à segunda sessão descrita acima.

Repita as duas últimas faixas até que a gola tenha a largura desejada. A última faixa deve ser como a primeira que você fez, para que a finalização caia na parte inferior, contrastando com o primeiro caracolzinho, que foi na parta superior. Nessa última faixa não se esqueça de fazer as casas dos botões. No meu caso, foram 5 (extremidade superior, nas 3 partes entre as tranças, na extremidade inferior). Eu fiz a seguinte forma:
Após última carreira de trançado
Av.: 3m, 3t, 1m, 3t, 3m. Vire.
Dir.: acompanhando os pontos.(ou carreira de junção no caso das extremidades). Vire.
carr. 3: acompanhando os pontos. Vire.
carr. 4: 3t, 3m, 1t, 1m, derruba o tricô em cima do meia, 1m, derruba o ponto anterior em cima do último, 1m, 3t (arremata 2 ptos no meio). Vire.
carr. 5: 3m, 2t, a2, 3t, 3m. Vire.

No final da faixa, faça o último semicírculo. Depois da carreira de junção, finalize a gola:
Dir: acompanhando os pontos, mas nos 2pj do final, fazer 2 + o ponto levantado, ou seja, 3pj (em t se o ponto for tricô, em m se o ponto for meia). Vire.
Av.: começar a carreira com 3pj – o ponto levantado + 2 pontos da agulha (em t se o ponto for tricô, em m se o ponto for meia). Vire.
Repetir a sequência acima até restar apenas 1 ponto na agulha.

Finalização

Pregue os botões e esconda as pontas. Bloque a peça. Sua gola está pronta.

 

Sobre Fazenda Caixa Dágua

Fazenda Caixa Dágua - veja mais em http://www.caixadagua.com
Esta entrada foi publicada em Receitas e marcada com a tag , , , , , , , , , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta