Passarim quis cantar, não deu, vôou

Print Friendly

Você lembra dos ovinhos que achamos dentro de uma panela na nossa oficina de tingimento? Pois nós acompanhamos toda a primeira infância dos passarinhos.

Um dia chegamos lá e eles tinham nascido. Todos ainda sem plumagem, umas coisinhas rosadas pequeníssimas!

Mais uns dias se passaram e todos tinham crescido e ganhado roupinha. Também… como comem! O tempo todo de biquinho aberto pedindo “comida! comida! comida!”.

 

Um dia flagramos a mãe na função e descobrimos que não eram andorinhas, mas sim uma família de curruíras, pássaro típico aqui da região.

E um dia a gente voltou lá e…. o ninho estava vazio! É claro que a gente sabia que isso ia acontecer, mas foi inevitável ficar um pouco triste com a partida de ilustres visitas.

Deixamos a panela lá, com o ninho dentro. Quem sabe ano que vem mais alguém decida se hospedar aqui com a gente…

 

E agora, com o espaço finalmente liberado, podemos, enfim, voltar a tingir nossos fios.

Sobre Fazenda Caixa Dágua

Fazenda Caixa Dágua - veja mais em http://www.caixadagua.com
Esta entrada foi publicada em A Fazenda e marcada com a tag , . Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Deixe uma resposta