Driblando a falta de tempo

Print Friendly

Algumas pessoas dizem que até queriam tricotar mas que não têm tempo de se dedicar.

Pensando nelas, fizemos uma lista de oportunidades de ouro que podem acontecer durante o dia que podemos aproveitar para pegar as agulhas e os fios.

* No transporte público. Ônibus, metrô, trem e até quando a gente vai de carona com alguém. E ainda tem a vantagem de, em tricotar em público, trazer mais gente para o lado “tricotado da Força”.
* Na sala de espera do médico, da dentista, da terapeuta… A gente chega na hora, mas o profissional, nem sempre. Invés de se irritar ou pegar uma revista de fofoca para ler, acrescente alguns pontos no seu trabalho.
* Em filas. Teve que ir ao supermercado no domingo, às 11h da manhã? Leve o tricô na bolsa. Talvez não dê para avançar 10cm, mas qualquer carreira que você faça já ajuda a fazer a espera menos desagradável.
* No intervalo da novela, do filme, do programa de TV. Você tem de 3 a 5 minutos. Dá para fazer uns pontinhos.
* No restaurante, no barzinho, no happy hour com os amigos, enquanto espera o garçom trazer o seu prato. O único cuidado aqui é, se você for beber, saber a hora de parar antes de começar deixar os pontos caírem, principalmente se estiver usando agulhas muito finas.

Nossa dica final é: leve sempre o seu projeto em andamento com você. Mesmo que você não possa dedicar 1 hora (ou mais) inteira a ele, devagar se vai ao longe. Afinal, isso não é uma corrida.

Sobre Fazenda Caixa Dágua

Fazenda Caixa Dágua - veja mais em http://www.caixadagua.com
Esta entrada foi publicada em Novidades. Adicione o link permanenteaos seus favoritos.

Uma resposta a Driblando a falta de tempo

  1. Renata disse:

    Que lindo. Adorei seu blog. Obrigada pela visitinha e comentários carinhosos.

Deixe uma resposta